Claire Fontaine é uma marca francesa de alto prestigio na área da papelaria e belas artes, com mais de 150 anos de história.

Papel, envelopes e cadernos são as palavras-chave. A fábrica da ClaireFontaine tem duas máquinas de papel com 3,40m de largura. Para uma delas, a velocidade de produção atinge 1000m por minuto o que representa 60 km e 15 toneladas de papel produzido por hora. É qualidade que aporta ao produto é massiva, não há outro papel igual.

Graças a estas máquinas constantemente modernizadas, a marca tem a capacidade de entregar aos seus clientes 165.000 toneladas de papel por ano não revestido e sem celulose, de com qualidade incomparável para escritórios, impressão offset e produção de artigos de papel.

Outras fábricas completam a gama produzida pelo grupo juntamente com papéis destinados à escrita, para artes plásticas e outras utilizações específicas.

A Claire Fontaine não produz a sua pasta de papel, mas fornece a partir dos mercados mundiais. Isto permite-lhes diversificar a sua fonte para corresponder à composição de alta qualidade dos seus papéis como, por exemplo, as fibras longas da Escandinávia pela sua resistência ou as fibras curtas que provêm das florestas de eucalipto no Brasil, pela sua opacidade e as suas propriedades de revestimento.

A ASSINATURA CLAIREFONTAINE

Há mais de 150 anos que um dos seus maiores pontos fortes é a qualidade dos produtos, sendo que esta está intimamente ligada à marca Claire Fontaine. Sendo essencial oferecer sempre a melhor qualidade do mercado em todos os segmentos.

Foi então criada uma lista de medidas:

Em primeiro lugar, a seleção rigorosa das matérias primas:

– A questão da pasta de papel branco resistente de florestas sustentáveis, carbonato branco e aditivos de qualidade ultrapura de cálcio;

– Controlo na receção e em parcerias de garantia de qualidade com fornecedores;

– Os meios de produção (máquinas de papel, moldagem) são constantemente melhorados para corresponder à qualidade, à variedade dos produtos e para diminuir os resíduos naturais;

–  Sistema de medição on-line das capacidades e dos sistemas de regulação que permitem limitar as variações inerentes a qualquer produção;

– Testes de papel em cada bobina produzida, que são depois analisados pelo controlo de qualidade abortivo: visual, claro (aspeto do papel, defeito ou eventuais imperfeições) mas também graças a equipas de laboratório que medem características específicas:

– Mecânicos (resistência, rasgão, raspas);

– Ótica (brancura ou tonalidade, opacidade),

– De textura (gramagem, espessura, rigidez, alisamento ou aspereza),

– Qualidade de escrita e capacidade de impressão (colagem, permeabilidade, estabilidade durante a impressão na impressora ou copiadora).

Esta é, sem dúvida alguma, a marca que não quer dispensar na sua papelaria ou no seu local de trabalho!